Conclusões sobre um mundo literário

OOOi Pessoal

Antes de tudo quero pedir desculpa, pois estou realmente em falta tanto aqui no blog como na FanPage, é que estou tendo muitos compromissos, incluindo ir fazer trabalho com os amigos, tanto como realmente compromissos e milhares de tarefas individuais, entre outras coisas que eu tenho feito ultimamente. E daí não estou tempo para nada, e as vezes quando me sombra algum tempinho, vou praticar um outro robe meu que é ler, ultimamente estou meio viciada em Fanfics (História escritas por fãs), Fanfics Percabeth, Percy e Annabeth, são heróis da saga de livros do autor Rick Riordan. Mas hoje como prometido lá na FanPage, vou fazer um post, claro que um pouco diferente..!

Entretanto vou destacar alguns pontos pelo qual meu sumiço aqui no blog:
  • Tarefas escolares individuais
  • Trabalhos escolares em grupos
  • Esportes (Handebol e vôlei)
  • Meu aniversário, cujo houve um almoço aqui em casa então tive que ajudar nos preparativos. (Meu aniversário foi neste domingo passado dia 25- 08-2013).
  • Tarefas Domésticas

Entre muitas outras coisas.

Seguinte, eu e uma amiga minha chamada Rafaela, como não nos vemos muito fizemos uma espécie de diário, só que em forma de cartas para dizer o que acontece no nosso dia e etc. Em uma dessas cartas que ela me entregou ela respondeu a minha primeira carta entregue a ela, onde eu explicava realmente os motivos de eu ler, o porque de eu ser assim e etc. ela me respondeu tirando a conclusão do que eu sentia e ela ao mesmo tempo, e da forma que ela escreveu, senti que muitas pessoas podia passar pelas mesmas angustias que eu e ela passamos. (Eu não vou citar meus problemas aqui na internet né!). Com base no que ela escreveu eu vou passar para o blog para que as vezes quem ler se identificar e entender algo que não entendia de si mesmo.
 

Vou escrever da mesma forma que está na carta:
"Para: Minha Best Friend
Tema: Suas Cartas


Sabe, sua primeira carta me fez pensar, Nós vivemos em um mundo que é só nosso e ao mesmo tempo nem nosso é!
Nós somos da realidade, mas não vivemos nela, vivemos em um mundo literário, porque  pelo quão ruim que nossas vidas sejam (existem piores)nós achamos algo que sirva de refúgio, uma casa. E muitas vezes queremos viver NESSA casa, e assim nos imaginamos como "tributos, semideuses, bruxas, caçadoras das sombras", e se duvidar com aliens, só para não termos que ser quem somos de verdade.
Nossa viagem pelo mundo irreal começa quando abrimos um livro e começamos a lê-lo.  A vida do nossos herói- heroína pode ser ruim, ele pode não ter pais, ter que salvar o mundo sozinho, perder a memória, se sujeitar á morte por alguém que ama (Percabeth foi isso o que eu pensei)descobrir que é alguém que nunca imaginou, sofrer maldições, mas sua vida nunca será tão chata e entediante como a nossa."

As conclusões são pessoais, mas sabemos que todos sempre quiseram ter algum poder ou ser alguém diferente, todos tem seu mundo imaginário e que talvez só o bem prevalece.


É isso pessoal.....Kiss

Nenhum comentário:

Postar um comentário