Ponte para Terabítia de Katherine Paterson


Olá pessoal!

Depois de alguns dias sem postar, aqui estou eu! Viva! kk

Bom, pra abrirmos o blog com mais uma resenha, vamos falar do Livro "Ponte Para Terabítia", olha eu posso até chorar por muita coisa, mas esse livro é inevitável,  foi o livro que eu mais chorei e por mais tempo, depois de um certo acontecimento perto do final, eu senti exatamente o que o personagem sentiu, e as lágrimas só serviram pra limpar aquele sentimento angustiante...Não tenho nem palavras, é o livro mais lindo que eu já li. Em um escala de 1 á 5, eu dou 10, de tão perfeito. Mas vamos a resenha certo.


Nome: Ponte Para Terabítia
Autora: Katherine Paterson
Editora: Salamandra
Páginas: 160

Sinopse: Jess Aarons, um garoto de 10 anos, passou o verão treinando para ser o campeão de corrida da escola. Na volta às aulas, é ultrapassado por uma aluna nova. Os dois tornam-se grandes amigos, e criam um reino imaginário chamado Terabítia, onde governam soberanos protegidos das ameaças e zombarias da vida cotidiana. Até que um dia, uma fatalidade os separa, e Jess precisa ser forte para enfrentar essa triste realidade.

O livro conta a história de um menino chamado Jess Aorons (não é romance pessoal), Ele é o único menino de eu acho 5 filhos, não lembro, E é meio isolado, Não tem amigos e podemos dizer que ele sofre bullying. Seu sonho até o que percebemos no começo do livro é que ele quer ser o campeão de corrida da escola. Porém, uma aluna nova chamada Leslie, ganha essa tal corrida, e é a partir daí que história tem ínicio. Mesmo que Jess não quisesse ser visto com a menina, ela praticamente não sai do pé dele, e isso o irrita muito. Por vontade do destido eles se tornam os melhores amigos, e juro pessoal eu adoraria ter uma amizade como aquelas, eles enfrentam todos as zombarias, todas as coisas ruins na vida, com a amizade deles, como se nada mais importasse. Leslie é uma garota muito sonhadora, e viciada em livros, e isso causa uma imaginação enorme, somando a amizade deles, a imaginação de Leslie, mais onde eles moravam (um sítio, onde havia um bosque) eles criaram um mundo só deles chamado Terabítia, onde eles eram os reis  e talvez, o único lugar onde eles eram felizes de verdade.Porém uma coisa triste, o que me fez chorar muito, acontece no final do livro, e acho que é essa parte do livro, que a gente mais reflete, em como seguir em frente, em viver todos os segundos da melhor maneira, há tantas coisas, só de lembrar as lágrimas vem aos meus olhos novamente. Acho que é o primeiro livro que eu leio, que o único vilão, é o acaso do destino, e não uma pessoa física, são problemas, do dia-a-dia, por isso deixa o livro tão único.

É o livro mais lindo que eu já li na minha vida, recomendadíssimo a qualquer pessoa!  
Já tem o filme se vocês quiserem vou deixar o link a qui em baixo.



Não tem nem como eu contar muita coisa, se não acaba sendo spoiler, mas  assista ao trailer para ter mais uma base desse mundo maravilho que Katherine Paterson inventou: 


Feche os olhos, mas deixe a mente bem aberta!

Clique aqui e assista ao filme!

Acho que é isso pessoal, até a próxima!

Curta a Fanpage: Clicando aqui
Me siga no Twitter: Clicando aqui

4 comentários:

  1. Eu amei esse filme mas confesso que não sabia que tinha sido baseado num livro. Já estou vendo que vou chorar horrores! HAHAHAHA Adorei a resenha, bem detalhada mas sem spoilers! Seguindo o blog, querida! Dá uma olhada na última resenha do blog? Acho que você vai curtir. Diary of Dreams

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela visita!! Adorei mesmo tanto seu blog, como a resenha! Bjs

      Excluir
  2. Fiquei interessada pelos dois, Já tinha ouvido falar, mas não sabia que era tão bom assim :o Vou ver o filme, quem sabe pode se tornar minha próxima aquisição (o livro) rsrsrs
    Só fico na dúvida de ver o filme e tirar a graça do livro :/ Beijos, fica com Deus!

    http://nisso-pensai.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito bom o livro e filme, por incrível que pareça o filme é fiel ao livro! Obrigada pela visita!

      Excluir