Eu só queria entender

Será que eles ainda não entenderam que não aguentamos mais?
Eles mandam estudarmos e fazemos isso, eles dizem para deixarmos a casa limpa e tentamos fazer isso, tentar porque não temos muito tempo já que estávamos estudando.
Eles mandam nós sairmos, mas não podemos sair muito porque eles acham que estamos fazendo coisas erradas, então ficamos sozinhos na maioria das vezes.
Então mechemos no celular, no computador, mas eles querem nos tirar isso, porque ficar muito tempo é ruim.
Então vamos ler um livro de lazer, mas eles dizem que em vez lermos algo assim deveríamos ler algum clássico porque ajudaria nos estudamos, nós lemos os clássicos. 
Então nós estudamos, lemos clássicos fingindo ser lazer, tentamos fazer serviço e dormimos. Mas não podemos dormir muito, porque dormir muito é sinônimo de doença ou de gente preguiçosa. 
Então resolvemos fazer cursos, mas cursos que eles achem que valem a pena.
Temos que fazer coisas que dizem que é certo.
Temos que participar de coisas para ter reconhecimento, que abram portas... não podemos perder tempo.
Mas... eles nem sempre perguntam o que queremos.
Nem sempre eles sabem se estamos felizes ou tristes.
Não estamos perdendo tempo na cabeça deles, mas para nós estamos realmente aproveitando?
Quando eles mandam fazer algo, será que eles não entendem que outros também já mandaram fazer inúmeras outras coisas?
Por que estamos tão cansados?
Por que temos que fazer  tantas coisas?
Se sentir sobrecarregado é piscicologico igual o frio?
Será que é errado querer desistir de tudo, e apenas ficar embaixo da coberta e nunca mais querer sair?
Será que ocupamos tanto nossas vidas só para não ter tempo de pensar nas coisas que realmente nos afetam?
Por que queremos tanto ser independentes e não precisar mais deles?
Será drama ou realidade?
Eu só queria entender... é uma confusão...


6 comentários:

  1. Me sinto assim a maioria do tempo. Na verdade me sinto um lixo, me sinto usada e só. Todos os dias choro e adivinha Mary essa semana chorei por que não tirei a nota máxima da prova de matemática, não por que meus pais iriam brigar comigo, mas por que virou um vicio ser assim, ser mandada como um robô e querer da tudo de mim...
    Às vezes quero entender por que meus pais tentam me influenciar tanto para que faculdade fazer, mas dai penso que vai que acabo ficando como eles.. é confuso, mas às vezes só quero desistir de tudo. Já pensei em me matar, já tentei... Mas não vale a pena. Vai que um dia tudo isso muda. Não é mesmo?

    Beijos Flor <3
    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe, parece contraditório logo após um texto um tanto quanto depressivo da minha parte, mas enxugue o rosto e não chore mais por motivos como este. Se eu não me engano você repetiu de série certo (me desculpe caso esteja errada) e o fato de você estar dando tudo de si, para tirar as melhores notas demonstra o quanto você é capaz, que você realmente se importa com o seu futuro. Não deixe que eles influenciem você, porque por mais que metam o dedo quem sabe da sua vida é você, e no final são suas escolhas que determinam seu destino. Faça a faculdade que desejar. Se não quer ser como eles, o primeiro passo é não fazer exatamente o que eles determinam, nem sempre os pais estão corretos e só pelo fato de te pressionarem, já demonstra que é um erro que eles cometem. Os pais são assim mesmo, acham que educar é o mesmo que tomar as decisões pelos filhos e mandar neles.

      Se você quer que tudo mude, você tem que ser a diferença! Mostrar que é capaz, você já faz, agora só falta olhar no geral para decidir o que fazer. Não tenho como te dizer o que fazer, só pense positivo, um dia vai olhar para trás e vai ver como essa fase pode ser considerada insignificante.

      Beijos!

      Excluir
  2. Pense que um dia você, não vai mais ter essas pequenas cobranças, talvez até cobranças maiores, mas vai ser uma nova fase de vida, com novos prazeres também. Então todas as vezes que se sentir confusa em relação a isso, torne a expectativa do futuro um motivo para te deixar forte. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi a partir deste comentário que me senti extremamente melhor comigo mesma, obrigada, de verdade!

      Excluir
  3. Obrigada Mary! Me confortou com suas palavras... É tão complicado...

    ResponderExcluir